Dissecando a entrevista de Marcos Sá ao «PÚBLICO»


Antes de entrarmos no assunto principal deste post relembramos aos nossos leitores que, querendo, podem continuar a votar nos 2 inquéritos a decorrer. Aquele que consideramos mais importante «Em quem vai votar?» está disponível clicando AQUI.

O outro «Quem vai ganhar a eleição para a Presidência da Câmara Municipal de Oeiras?» pode ser acedido AQUI.

Marcos Sá, do PS, é um potencial candidato à presidência da câmara municipal de Oeiras. As sondagens que têm sido conhecidas dão-no em 3º lugar nas preferências dos oeirenses. Foi deputado à Assembleia da República, pelo que está associado ao período negro da governação do Partido Socialista e de bancarrota a que nos conduziu José Sócrates. Nesta entrevista, Marcos Sá aparece a sacudir a «água do capote», timbre dos que estiveram com José Sócrates e que fizeram parte da sua corte.

Vamos à entrevista que deu ao jornal PÚBLICO e mostrar aos oeirenses aquilo que ele não disse e deveria ter dito.

À questão «É deputado à assembleia municipal há 12 anos. Como avalia a oposição do PS nos mandatos de Isaltino Morais?» responde com meia verdade «A oposição do PS nos últimos anos tem-se batido pela transparência e pela fiscalização clara da actividade camarária», mas como o jornalista José António Cerejo sabe mais a dormir do que ele acordado, dá-lhe logo uma berlaitada:

«Mas essa não terá sido sempre a posição do partido. No penúltimo mandato, o cabeça de lista do PS acabou por se juntar a Isaltino Morais, aceitando um lugar numa empresa municipal

Resposta do Marquinhos: «É verdade, mas nós temos uma perspectiva um bocadinho diferente. A partir do ano de 2009, fizemos um percurso que assenta em recusar pelouros e não aceitar qualquer lugar político ou de nomeação política para qualquer empresa municipal. E fizemo-lo de uma forma unânime dentro do PS. Na altura, eu era presidente da comissão política da concelhia de Oeiras, apresentei uma moção depois das eleições, que foi aprovada por unanimidade, e muitos dos meus camaradas que tinham lugares de gestão no município e que estavam integrados nas empresas municipais demitiram-se e regressaram aos seus lugares de função pública e a outros que tinham.»

A VERDADE: Marcos Sá, a nº 2 da sua lista, Alexandra Moura, não esteve 3 anos ‘’encaixada» na Parques Tejo? Ao contrário do que V. afirma ela não se demitiu, foi trocada por Pedro Simões, ex-vereador PSD, em função do negócio Isaltino/Alexandre Luz que permitiu a viabilização da governação municipal! Emanuel Martins manteve o lugar/tacho no LEMO até o levar ao fundo, João Viegas foi avençando, avençando, até ao fim, sem fazer um das Caldas na CMO!

Sobre o SATU é curto e grosso: é para fechar!  É pena não dizer o que vai fazer à infra-estrutura. O Oeiras Mais Atrás propõe que seja transformada numa pista de skate, pista de gelo ou pista para bobsleigh.

Diz ainda Marcos Sá: «Os estudos de mobilidade e de viabilidade económica que foram feitos na altura não me inspiram confiança absolutamente nenhuma. Eu não estou cá para fazer fretes à Teixeira Duarte, estou cá para defender os interesses dos munícipes.»

CONCORDAMOS: os estudos de viabilidade e de tráfego encomendados pela câmara são feitos ‘’à medida’’ do contratante, a CMO.

Quanto ao Taguspark, Marcos Sá refere que terá de haver alterações. CONCORDAMOS: as rendas têm de baixar e a derrama também, acompanhando a queda na procura. Oeiras perdeu a Microsoft e não conseguiu o pólo da Universidade Nova, que vai ficar em Carcavelos, bem perto do Forte de S. Julião da Barra.

Sobre o plano de pormenor relativo à margem direita do Jamor, na Cruz Quebrada, presentemente em discussão, Marcos Sá diz que «Temos de avaliar, não podemos deixar aquilo como está. Na [antiga fábrica da] Lusalite, temos um problema ambiental e de saúde pública gravíssimo, no pulmão de Oeiras, junto ao complexo do Jamor. Ou seja, na Cruz Quebrada/Dafundo, que quero tornar a capital do desporto ao ar livre, há a maior concentração do país de amianto. Há estudos, que são muito complexos, sobre a disseminação do cancro nesta zona.»

CONCORDAMOS: aquilo não pode continuar assim. O plano de pormenor é, em termos globais, uma mais-valia para quem ali mora, cuja qualidade de vida melhorará significativamente. Dizer ‘’não’’ desde já sem discutir o plano de pormenor, ainda que o IOMAF tenha posto as populações a olhá-lo de lado por ter sido colocado em consulta pública no mês de agosto…

CONCORDAMOS com a sua avaliação sobre o Palácio do Marquês de Pombal: «Este executivo está a pôr lá os serviços camarários. É fundamental darmos dignidade àquele espaço e criarmos actividade cultural no município. O dr. Isaltino Morais queria lá fazer um hotel de charme…»

É verdade, Dr. Marcos Sá, essa era a intenção do Dr. Isaltino Morais, só que ele já não é o mesmo como você refere na entrevista e deixou-se enrolar por Madalena Castro, Nuno Vasconcelos e por alguns dirigentes que logo que tomaram conhecimento da saída do INA ‘’descobriram’’ que tinham sangue azul! Nem queira saber as romarias que se fizeram ao Palácio. Não ouviu falar na “queda eminente” do edifício dos Serviços Técnicos? Foi a maior trapaça da história recente da CMO! Foi um crime, é um crime, o que tem sido feito num conjunto de edifícios classificados como ‘’monumento nacional’’.

Sobre a política de habitação para jovens, que apenas existe na propaganda do IOMAF, CONCORDAMOS com a sua análise e propostas.

É também de enaltecer a sua preocupação com os mais idosos e com o envolvimento da sociedade civil no apoio aos mesmos.

TENDEMOS A CONCORDAR com a sua análise sobre os dois PSD, que ele apelida de de ‘’PSD actual’’ e ‘’PSD mau’’.

Sobre o IOMAF sem Isaltino ou sobre a candidatura de Paulo Vistas debaixo dos cartazes com o nome e foto de Isaltino refere que «Essa fraude permanece nos cartazes de Paulo Vistas. Só significa que não tem capacidade de liderança e que vive à sombra do passado.» CONCORDAMOS: Paulo Vistas teve medo de ir a votos sem o ‘’chapéu’’ de Isaltino Morais, diga ele, Paulo, o que disser.

Marcos Sá afirma que não quer seguir as pegadas de Isaltino Morais, sim as do Marquês de Pombal. O Oeiras Mais Atrás pergunta-lhe: quem são os seus Távora e o seu Duque de Aveiro?

AVALIAÇÃO FINAL: gostamos das respostas de Marcos Sá, mostra que está ao corrente dos problemas e das necessidades do município. Outra virtude foi discutir Oeiras, pensar Oeiras, não ”fugiu” para discutir a dívida de Santarém que é só o que o IOMAF e os seus homens de mão sabem fazer. Não querem discutir Oeiras, querem discutir Santarém. Marcos Sá, se ganhar (e julgamos que pode ganhar a presidência devido à divisão do “PSD actual” e do “PSD mau”) aconselhamo-lo a reunir-se dos melhores e das melhores, não se deixe abocanhar pela máquina partidária e pelo Partido da Câmara.

7 thoughts on “Dissecando a entrevista de Marcos Sá ao «PÚBLICO»

  1. Anónimo diz:

    É só para dizer que eu votei em branco. E tenho vergonha do resultado eleitoral em Oeiras. Hoje contaram-me esta “perdeu um tipo da Polícia Judiciária e ganhou um que está preso”

  2. JCat diz:

    “E se estava em dúvida entre votar no PS ou em vocês – por causa do Dr. Isaltino Morais – hoje decidi o meu voto, MOITA FLORES.”
    …. escondido com o rabo de fora.
    Estava em duvida entre PS e IOMAF, por causa da pancadaria, perdeu a duvida e opta pelo Moita Flores, que nem era opção. Falta de coerência.
    Não deveria optar pelo PS?

  3. Rosa Augusta diz:

    ESTA FOI A MENSAGEM QUE A CANDIDATURA DO DR. PAULO VISTAS APAGOU DO SEU FB.

    A conversa começou em Domingo

    15/09/2013 20:47
    Rosa Augusta
    Parabéns à Candidatura “UMA NOVA AMBIÇÃO”, vocês merecem ganhar, mas ganhar com grande margem. Aqui vos deixo o post que enviei para a candidatura do Dr. Paulo Vistas:
    “Caros Apoiantes do Dr. Paulo Vistas,
    Desde já peço as minhas mais sinceras desculpas, por não me identificar, mas tenho medo. Hoje ouvi-vos a ameaçar os apoiantes do Dr. Moita Flores, dizendo por várias vezes que para a próxima seria com facadas.
    É demolidor constatar a vossa aflição e faz-me muita pena que tenham que recorrer a este tipo de comportamento para se conseguirem mostrar ou fazer ver.
    Como podem vocês ousar falar no Dr. Isaltino? NUNCA o Dr. Isaltino se comportou desta forma e muito menos instruiu os seus seguidores a tal. Vocês são VERGONHOSOS, o Dr. Isaltino vai ficar deveras ENVERGONHADO por ter deixado semelhantes energúmenos a “tentar” representá-lo.
    Dr. Paulo Vistas, o Senhor alguma vez soube na sua ainda tão curta vida o que é fazer Politica? O Senhor acha que tem algum tipo de preparação para lidar com as contrariedades que poderia encontrar se fosse eleito? Seria à pancada e pontapé? Já ouviu falar numa palavra, que nem todos compreendem é certo, que se chama CIVISMO?
    O Senhor é o mentor de toda a pouca vergonha que se passou hoje, e não minta, pare de se enganar e de querer enganar os Oeirenses, o Senhor e os seus seguidores são gente sem qualquer tipo de carácter.
    Apoiei SEMPRE o Dr. Isaltino Morais, mas jamais o apoiarei a si! De si, a imagem com que fiquei foi a de um nanoprojeto de pseudo-seguidor do Dr. Isaltino Morais, nunca lhe chegará aos calcanhares.
    Eu hoje, não estava na campanha do Moita Flores, fui apenas apanhada no meio da caravana, mas vi tudo. Sei como começou, como durou e como acabou, vi tudo. VI TUDO, inclusive vi-o a si, vi a sua atitude, a sua postura, tão pouco própria de um Homem decente.
    E se estava em dúvida entre votar no PS ou em vocês – por causa do Dr. Isaltino Morais – hoje decidi o meu voto, MOITA FLORES.
    Despeço-me com cordialidade, Rosa”

    • Anónimo diz:

      D.Rosa.
      Sabe como chegou a Portugal a troika?
      Oh D.Rosa sabe quem é a Troca?
      A troca é isso, chegou a Portugal, quando deveriam ter sido outros a pôr a casa em ordem.
      Sabe D. Rosa, os portugueses viveram acima das suas posses, gastaram de mais.
      Sabe quem diz isso? Quem disse isso?
      Quem chamou a Polícia? Aliás a Troika?
      Sabe quem foi ?
      Foi o PS, foi o PSD, foi o CDS.
      Não sabia D. Rosa?
      Sabia.
      Deixe o preconceito e vote nos outros Partidos ou Movimentos.
      Sabe que em Oeiras, já não vivemos no tempo do Salazar, quando as searas recebiam os forasteiros para as ceifas.
      Mas a D. Rosa é ainda jovem.
      Pense e não vá só em Festivais e em Publicidade.
      Sabe quem paga a Publicidade?
      Oh D.Rosa sabe quem paga todos os Impostos?
      Vote, mas pense pela sua cabeça.
      Olhe que a Crise não vai passar tâo depressa.
      Quando votar lembre-se que não está a votar em nomes.
      Está a votar em Partidos.
      Não foi o Partido do Salazar que nos trouxe até aqui.
      Oeiras também contribuiu para a crise.
      Foram o PS, PSD e CDS, que governaram Portugal.
      Apresento as minhas desculpas, D. Rosa.

  4. Oeiras diz:

    Sobre o Palácio do Marquês de Pombal: também discordo de se terem posto lá tantos serviços da Câmara sem antes se fazerem as devidas obras necessárias e a queda iminente do edifício dos antigos Serviços Técnicos foi, de facto, um embuste, mas verdade seja dita que a Câmara tem feito, no último ano, várias obras de requalificação do palácio, nomeadamente no Salã Nobre, na antiga sala de jantar que foi biblioteca no INA e no terraço da entrada principal… segundo sei, brevemente serão recuperadas as fachadas e a cobertura e substituídas as janelas, e depois recuperados os azulejos.
    Devagar, aquele edifício vai ficando em condições (assim o queira o próximo executivo).
    Hotéis de charme em palácios? Não, vejam o que aconteceu ao palácio de Seteais em Sintra, arrancaram tectos pintados e com relevo para fazer fingimentos, substitíram madeira boa em degraus e corrimãos por pinho do mais reles que há, cobram 250€ por noite e dizem-se de 5 estrelas… Não pensem que os privados são melhores do que o Estado, às vezes são piores e não têm o menor respeito pela história dos edifícios que compram.

  5. jorginho diz:

    acabem o cartaz do Pailo vistas escrevendo Continuar a fazer mais….. MERDA; DIVIDAS PARA O CONTRIBUINTE E MUNICIPE PAGAREM ….ROUBOS ATRAVÈS DOS SMAS COMO A TAXA DE ESGOTOS CUJAS DUAS PRESTAÇÔES TÊM AMBAS DE SER PAGAS ATÈ 30 DE SETEMBRO, EMBORA A SEGUNDA SEJA DEVIDA EM NOVEMBRO….É FARTAR VILANAGEM!!!!!!! ROUBAR ESTÀ NA MODA NO PSD GOVERNO E NÂO SÒ!!!!!!!!!! OS SMAS NÂO ESCAPAM, COM ISLTINO E COM PAULO VISTAS. O LUIS MELO NÂO ESTORVA NENHUM DELES….SÒ LÀ ESTÀ PARA RECEBER ORDENADO E FAZER NUMERO: UM COMPLETO INCOMPETENTE….

  6. Não brinquem com coisas sérias diz:

    Sobre a antiga fabrica da Lusalite o Sr: Dr. Marcos Sá terá dito: “Na Cruz Quebrada há a maior concentração do País de amianto. Há estudos, que são muito complexos, sobre a disseminação do cancro nesta zona”. Sendo isto verdade o Sr. Marcos Sá bem como muitos outros é responsável por esta grave situação. São responsáveis porque têm conhecimento desses estudos e nada fizeram. São responsáveis porque não impõem aos atuais proprietários da Lusalite o desmantelamento da fabrica o mais urgente possível. Qual a razão porque a fabrica só será desmantelada quando o proprietário da mesma ( Grupo SIL) iniciar o projeto que está previsto? Moro na Cruz Quebrada e para mim esta situação é preocupante pois vi, há dez anos, morrer um irmão vitima de um cancro no pulmão resultante de amianto (Mesatalioma), tendo na altura o médico do Hospital Egas Moniz admitido a possibilidade de na origem do cancro ter estado a fabrica da Lusalite. A quem é responsável, que seja exigido o desmantelamento imediato da fabrica e deixem-se de conversas inconsequentes que só têm a haver com interesses partidários resultantes da campanha eleitoral. O ano passado alertei a Quercus para a situação da antiga fabrica da Lusalite. Com esta situação só porque estão em causa os interesses de um grande grupo económico nunca o Sr. Dr.Isaltino Morais e o Dr. Paulo Vistas se preocuparam.

Este blog não censura ninguém. Critique, exponha sem ofender.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s