GRUPO MUNICIPAL DO PSD: INCOMPETÊNCIA, NEGLIGÊNCIA E GAROTADA


Assembleia Municipal de Oeiras, 16 de Abril de 2013: em debate, dois documentos importantíssimos para o Município, SMAS e Câmara Municipal. Se a transformação dos SMAS de Oeiras em Serviços Intermunicipalizados de Água e Saneamento de Oeiras e Amadora (SIMAS) tinha o apoio maioritário das bancadas municipais, não era líquido que o regulamento orgânico dos serviços municipais reunisse o consenso necessário para aprovação.

Feita a votação, o resultado foi de 17 votos a favor e 16 votos contra, com as singularidades seguintes:

1. O deputado municipal Bernardo Caldeira, do PSD, abandonou a sala antes da votação do regulamento orgânico.

2. O deputado municipal por inerência, Paulo Freitas do Amaral, presidente da Junta de Freguesia de Cruz Quebrada-Dafundo, deixa a sala antes da votação do regulamento orgânico.

3. A CDU, que atráves do seu líder Daniel Branco, tinha dito cobras e lagartos do regulamento dos serviços municipais, abstém-se, quando, face ao discurso, se julgava ir votar contra.

Há deputados que ir à Assembleia Municipal é para receber a senha de presença, não estudando dossiês, estando permanentemente a ver o Facebook,  jornais online, a ler ou a escrever blogues, como acontece com a generalidade dos deputados do PSD.

Não é a primeira vez que o deputado Paulo Freitas do Amaral abandona as sessões, mesmo que os assuntos em discussão sejam importantes, como eram estes.

Como pode Paulo Freitas do Amaral aspirar a ser Presidente da Câmara se não revela maturidade para tal?

Olhar para aquela plateia é um autêntico enjoo, autêntica miséria franciscana, em que apenas o PS se mostra minimamente estruturado sob a batuta de Alexandra Moura e Marcos Sá. Do IOMAF safa-se António Moita, pese o seu seguidismo cego, Miguel Pinto, do BE, é corrosivo e sarcástico q.b., Isabel Sande e Castro ou Pedro da Costa Jorge cumprem o seu papel, da CDU nunca se sabe o que vai sair, ainda que a cassete seja sempre mesma (dizer mal de tudo e de todos), sendo frequentemente a muleta do IOMAF (também no Executivo). Paulo Freitas do Amaral entra mudo (quando lá vai) e sai calado.

Quando a representação do Executivo é da responsabilidade de Paulo Vistas o desastre é completo: não conhece os dossiês, contradiz-se, parece que não é vice-presidente há 8 anos.

A «honra do convento» é salva pelo Presidente Isaltino Morais que, efetivamente, tem demasiada pedalada para aqueles meninos e meninas, sobretudo para os tenrinhos do PSD, autêntico petisco para o sabichão do Presidente.

O OMA dirigiu um convite ao putativo candidato do PSD, Dr. Moita Flores, para assistir, sem aviso prévio, às reuniões da Assembleia Municipal e às reuniões públicas da Câmara Municipal. Irá aceitar o convite/desafio?

 

3 thoughts on “GRUPO MUNICIPAL DO PSD: INCOMPETÊNCIA, NEGLIGÊNCIA E GAROTADA

  1. D'Artagnan de Oeiras diz:

    “Incompetência,negligência, garotada” !!! Alto aí e para o baile!!! Todos para os seus lugares que isto não é a brincar!!!
    Mas ó Oeiras, lá por detrás, ainda não viste que o chefe do circo-o Pombalito-, é que montou toda esta cagada? Ainda não viste que quando ele “voltou de ministro” tinha necessidade de uma série de faunos e que agora estão todos à solta? E também não vistes que os teus chefes do PS, velhas raposas astutas do norte, eram os bábás do Ali?

  2. fcf diz:

    O garoto do Paulo Amaral não passa de um incompetente inútil que de tão medíocre que é rebentou com a junta da Cruz Quebrada/Dafundo em menos de dois anos. A única coisa que procura é ter o numero de votos suficiente para obter um lugar de vereador na CMO. Foi na conversa da sua “Guru” a Catalina, saiu do PS a contar com um tacho no Movimento/Partido do Fernando Nobre só que este à ultima da hora roeu a corda e ele ficou apeado. Contou com o ovo no dito da galinha e lixou-se. O Paulo Vistas não tem o mínimo de competência e saber para exercer o cargo e está refém de muita gente. Não merece o respeito de ninguém dentro da Câmara. Foram muitos anos de favores aos amigos e de muitas cumplicidades, pelo que está obrigado a defender muita gente com quem foi conivente em atos muito pouco abonatórios. O fim do Isaltino tem que corresponder ao fim de um ciclo. Paulo Vistas em nada consegue chegar aos calcanhares do Isaltino.

Este blog não censura ninguém. Critique, exponha sem ofender.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s