ASSUNÇÃO DE RESPONSABILIDADES


Ao longo dos anos de arrastamento do processo que vai ficar conhecido para a História como o «Caso Isaltino», muitos foram aqueles que apostaram que o Presidente Isaltino Morais jamais se deixaria deter, fugindo. Poderia tê-lo feito, poderia ter recebido a nacionalidade cabo-verdiana (Cabo Verde não extradita os seus nacionais), poderia ter ido para Angola ou para Moçambique.

Diferenças à parte que temos tido com os últimos anos de governação de Isaltino Morais, não impede que elogiemos a sua conduta, assumindo a consequência dos atos de que é acusado. Foi uma «bofetada de luva branca» a que ele deu nos seus detratores.

A renúncia ao cargo de Presidente do Conselho de Administração dos SMAS e a suspensão do cargo de Presidente da Câmara Municipal de Oeiras foram a 2ª e 3ª bofetadas que deu nos mesmos, com particular destaque nos vereadores PSD, Ricardo Lino e Ricardo Pinho, e no Presidente do PSD de Oeiras, Alexandre Luz.

Mas outros e outras há que também foram «esbofeteados», casos de Marcos Sá, candidato do PS à presidência da Câmara Municipal de Oeiras, e Alexandra Tavares de Moura, Presidente do PS Oeiras, líder PS na Assembleia Municipal de Oeiras, a quem Isaltino Morais deu o «tacho» de administradora da Parques Tejo em 2006, ou seja, foi conivente com a governação IOMAF/PS 2006-2009, incluindo as famigeradas Parcerias Público-Privadas que os oeirenses vão pagar com língua de palmo!

Todos, salvo honrosas exceções, a quem Isaltino Morais ajudou, entachou, apoiou, dos vários quadrantes políticos, lhe foram virando as costas, cuspindo na mão que lhes deu de comer.

Como lemos ou ouvimos algures, o Dr. Isaltino Morais é um social-democrata sem partido, é um humanista, com as virtudes e os defeitos próprios de um ser humano (só não erra quem nada faz e mesmo assim erramos quando não agimos).

Temos um governo que se diz social-democrata e democrata-cristão quando, na prática, exerce políticas económicas e sociais neoliberais.

Social-democracia e democracia cristã praticam-se em Oeiras. Há muitos anos.

Abaixo podem ler os documentos suspensão de mandato de Presidente da Câmara e de renúncia a Presidente do CA dos SMAS.

001002Isaltino Morais renúncia smas-page-001

2 thoughts on “ASSUNÇÃO DE RESPONSABILIDADES

  1. D'Artagnan de Oeiras diz:

    Ele pôs a luva branca depois de lhe terem cuspido na mão? E com ESSA MESMA MÃO deu-lhes uma bofetada?!!!
    É pá, isso é que é dignidade, sim daquela lá por detrás…!

Este blog não censura ninguém. Critique, exponha sem ofender.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s