Pelo futuro de Oeiras


Este blogue assume-se como defensor da transparência no município de Oeiras, algo que há muito desapareceu.

Os mandatos do IOMAF são um autêntico desastre para os oeirenses e para o seu futuro, cada vez mais hipotecado. Não bastava o desastre nacional, vemo-nos confrontados com um desastre municipal.

Somos equidistantes de qualquer força política e se a nossa crítica, satírica por vezes, se dirige ao IOMAF e a Isaltino Morais, aqui e acolá ao PSD, ao PS e à CDU, é porque há uma enorme promiscuidade entre todos os partidos representados na vereação e na Assembleia Municipal, excepção feita ao Bloco de Esquerda e ao seu aguerrido e inteligente deputado Miguel Pinto.

No dia 19 de Novembro, sábado, vão realizar-se eleições para a Comissão Política da Área Metropolitana de Lisboa do PSD, constituída por 10 secções concelhias, à qual concorrem dois candidatos: Miguel Pinto Luz e Jorge Paulo Roque da Cunha.

De Jorge Paulo Roque da Cunha, dos contactos feitos pelo “Oeiras Mais Atrás” junto militantes do PSD de Oeiras, Amadora, Odivelas, Cascais e Sintra, temos as melhores referências: 100% social-democrata, incorruptível, independente, competente, trabalhador, humilde.

Os inquéritos que efectuamos no PSD Cascais, junto de funcionários da Câmara de Cascais e na EMAC sobre Miguel Pinto Luz, comprovam o que foi escrito sob o título ANATOMIA DE UMA FRAUDE: uma figura que se movimenta na sombra, indefectível de Carlos Carreiras, seu Padrinho político, ávido de poder.

O eixo Cascais-Oeiras é perigosíssimo para aqueles que lutam contra o estado em que se encontra a Câmara Municipal de Oeiras: compadrio, amiguismo, negócios escuros, decadência, falência.

A preocupação do grupelho liderado na sombra por Carlos Carreiras, acolitado por Alexandre Luz, Pedro Afonso de Paulo e outros, cujo rosto é Miguel Pinto Luz, tem por objectivo perpetuar as negociatas isaltinistas e carreiristas e, sobretudo, impedir que um novo Presidente e um novo Executivo municipal de Oeiras em 2013 possam tirar todos os “esqueletos” que estão no armário e que comprovarão que o município está falido, que os orçamentos têm sido “martelados”. Carlos Carreiras e Alexandre Luz, através de Miguel Pinto Luz querem evitar que surja uma nova Teresa Zambujo, que poderá desmascarar as vigarices, as patranhas e a gestão danosa de Isaltino Morais e do seu grupo IOMAFiano.

Era nossa intenção não nos imiscuirmos na vida partidária; porém, a eleição do Presidente Distrital de Lisboa do PSD AML terá enormes repercussões em Oeiras, pelo que não podemos ficar de fora e lavar as mãos como Pilatos. Não votamos, nada nos impede de apelar ao voto em Jorge Paulo Roque da Cunha.

Militante do PSD, dia 19 de Novembro, sábado, VOTA JORGE PAULO ROQUE DA CUNHA! Vota pela mudança em Oeiras!

Anúncios

4 thoughts on “Pelo futuro de Oeiras

  1. Anónimo diz:

    Ó TLD não sejas aldrabão. É por causa da corja referida neste post e de outros parecidos que o país está no estado em que está. Isaltino há muito que deixou de privilegiar o trabalho, alimentando apenas as suas negociatas e o putedo. Só não vê quem mama da teta do isaltino e do carreiras.

  2. Anónimo diz:

    Teresa Zambujo é passado. O medo de Isaltino é que apareça um governo autárquico PS ou PSD sem os seus amigos para ñ virem à tona as suas aldrabices financeiras.

  3. TLD diz:

    Estou curioso, é a mesma Teresa Zambujo que deixou uma despesa de 25 milhões de euros não cabimentada em 2005.

Este blog não censura ninguém. Critique, exponha sem ofender.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s